Introdução

A Hipertensão Arterial (HTA) é um importantíssimo fator de risco modificável para a doença cardiovascular atingindo uma grande percentagem de indivíduos em todo o mundo, sendo o seu estudo fundamental para perceber o flagelo desta patologia e assim contribuir para a sua prevenção e tratamento.

O principal objetivo deste estudo foi perceber qual a prevalência de HTA na antiga província da Beira Baixa que integra as atuais províncias da Beira Interior Sul e Pinhal Interior.

Recolheu-se entre 2010 a 2014 todos os dados que foram tratados estatisticamente neste estudo, tendo sido feito a aferição de amostras representativas para cada concelho.

A amostra é constituída por 11316 indivíduos dos quais 55.6% são do género feminino e 44.4% do masculino (Gráfico 1), com idades superiores a 18 anos, distribuídos pelas classes etárias representadas no gráfico 2.

HTA HTA HTA

Os dados recolhidos em todos os concelhos representantes da Beira Baixa apresentam uma prevalência de HTA de 52,5%

HTA

A avaliação dos grupos etários permite concluir que a HTA aumenta com a idade, atingindo o seu valor máximo no grupo entre os 65- 74 anos

HTA

Existe uma maior prevalência de HTA no género feminino

CONCLUSÃO

Existe uma elevada taxa de prevalência de HTA, devem ser implementadas medidas adicionais de monitorização, prevenção e do seu tratamento, disponibilizando gabinetes de apoio no controlo desta patologia.